Acessibilidade
Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página Principal > Notícias > Ministério da Defesa e CAPES lançam o Pró-Defesa IV
Início do conteúdo da página

Ministério da Defesa e CAPES lançam o Pró-Defesa IV

Publicado: Quinta, 05 de Julho de 2018, 18h11

Brasília, 05/07/2018 - Ocorreu na manhã desta quinta-feira (5), o lançamento da 4ª edição do edital do Programa de Apoio ao Ensino e à Pesquisa Científica e Tecnológica em Defesa Nacional (Pró-Defesa). A inciativa é uma parceria entre o Ministério da Defesa (MD) e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), com o objetivo de incentivar a produção de pesquisas científicas e tecnológicas sobre defesa nacional e promover a formação de mestres e doutores.

O ministro da defesa, Joaquim Silva e Luna esteve presente na cerimônia e destacou como o estabelecimento de relações influencia na evolução da humanidade, pois é o que o programa proporciona aos participantes. De acordo com ele, desde a primeira edição, lançada em 2006, o Pró-Defesa já possibilitou a formação de 37 pós-doutores, 127 doutores e 223 mestres, além de produção acadêmica.

“O programa que possui importante parceria com o Ministério da Educação por meio da CAPES, buscou nesse relacionamento estabelecer ganhos para ambos, principalmente, com a nossa noção de defesa”, afirmou Silva e Luna. Ainda segundo ele, o MD desenvolve outras atividades com a CAPES e o MEC no âmbito científico, como a criação e o desenvolvimento do programa de Pós-Graduação das Escolas de Altos Estudos das Forças Armadas, a participação do MD no Conselho Nacional de Ciência de Tecnologia tem como propósito atuar na formação.

Além da implementação da Política Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico e a elaboração de políticas, ações estratégicas e regulamentação da legislação. Pvisa ao fomento e ao fortalecimento dos estudos de defesa do Brasil.

Parceria

Para o presidente da CAPES, Abílio Baeta Neves, “é uma satisfação lançar mais um edital após avaliações positivas com base nos resultados das edições anteriores. Na concessão de bolsas em diferentes níveis, ao apoio ao trabalho sobre temas dos mais diversos, referentes a defesa nacional desde as áreas das humanidade até as engenharias, tudo nos dá a certeza que é um programa estratégico tanto da perspectiva da CAPES tanto Ministério da Defesa”, declarou.

Abílio Baeta Neves, presidente da CAPES

Abílio acredita que essa parceria une dois tipos de abordagens sobre o mesmo problema. “Pois as Forças Armadas e o MD têm, claramente, consciência de quais são prioridades nesse campo da defesa e a CAPES sabe que, para levar a adiante e atender as prioridades nacionais, recursos humanos são fundamentais. Formar humanos vinculados a essa temática no seu mais amplo espectro é uma tarefa fundamental para que nós possamos dominar e, ao mesmo tempo, fazer avançar nos esforços de problemas centrais que afetam a questão da segurança do no país”, afirmou o presidente da CAPES.

A publicação do edital no Diário Oficial da União está prevista para a próxima segunda-feira (9).

A cerimônia também contou com a presença  do secretário-geral do Ministério da Defesa, substituto, Franselmo Araújo Costa, do secretário de Pessoal, Ensino, Saúde e Desporto do Ministério da Defesa, Ricardo Machado Vieira, do chefe de Assuntos Estratégicos, almirante Cláudio Portugal de Viveiros, do chefe de Logística e Mobilização, general Laerte de Souza Santos, além de autoridades, integrantes da comunidade acadêmica, convidados civis e militares.

Por Júlia Campos

Fotos: Tereza Sobreira/MD
Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
(61) 3312-4071

Fim do conteúdo da página