Acessibilidade
Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página Principal > Notícias > ESG Brasília realiza ciclo de palestras internacionais
Início do conteúdo da página

ESG Brasília realiza ciclo de palestras internacionais

Publicado: Quinta, 11 de Junho de 2015, 17h21

Brasília, 11/06/2015 – A Escola Superior de Guerra (ESG) Campus Brasília promoveu, nesta quinta-feira, no auditório do Ministério da Defesa (MD), o ciclo de palestras denominado “Colóquio Internacional”, com a participação do embaixador da Alemanha no Brasil, Dirk Brengelmann. 

Foto: Jorge Cardoso
Embaixador da Alemanha no Brasil, Dirk Brengelmann, falou sobre política externa alemã
Embaixador da Alemanha no Brasil, Dirk Brengelmann, falou sobre política externa alemã

O colóquio sobre o tema “A perspectiva estratégica no mundo contemporâneo e suas relações com o Brasil” faz parte da grade curricular do I Curso de Diplomacia de Defesa (CDIPLOD).  O curso da ESG Brasília é destinado ao aperfeiçoamento dos futuros adidos de defesa, negociadores internacionais e assessores do MD e das Forças Armadas.

Em sua palestra o embaixador alemão, que já exerceu funções na secretaria-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), falou que a reunificação da Alemanha trouxe grandes lições como respeito aos direitos humanos e as leis, princípios e valores, democracia e separação entre os poderes.

Desde a reunificação, o país tem como principal pilar na política externa o fortalecimento da União Europeia compartilhado com os vizinhos e países membros.

Segundo ele, a atual política externa do seu país nunca esteve num momento tão próspero, seguro e de liberdade. O embaixador Brengelmann disse que a globalização trouxe mais possibilidades para o desenvolvimento econômico, porém também traz consigo mais dependências e vulnerabilidades.

Os colóquios internacionais, que iniciaram em abril, já tiveram a participação dos governos da França, Estados Unidos, África do Sul, China e Argentina. 

Diplomacia de Defesa

O objetivo do curso é capacitar profissionais das Forças Armadas e servidores do MD para atuarem nas diversas atividades relacionadas à diplomacia de defesa, entre outros.

As principais disciplinas do curso são: Relações Internacionais, Direito Internacional, Ciência Politica, Sociologia e Geopolítica, Inteligência Estratégica, Relações Diplomáticas, Negociações Internacionais, Pensamento Brasileiro de Defesa e Economia e Desenvolvimento, além dos colóquios realizados até o momento.

Em 2015, estão matriculados 15 estagiários das três Forças Armadas, sendo um oficial-general da Marinha, 14 oficiais-superiores (sendo quatro da Marinha, sete do Exército, e três da Aeronáutica).

Por Alexandre Gonzaga

Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
61 3312-4070


registrado em:
Fim do conteúdo da página