Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está em: Página inicial > Notícias > Fake News: Ministério estará subordinado ao Tribunal Superior Eleitoral
Início do conteúdo da página

Fake News: Ministério estará subordinado ao Tribunal Superior Eleitoral

Publicado em Sexta, 10 Novembro 2017 14:44 | Última atualização em Sexta, 10 Novembro 2017 14:46

Brasília, 10/11/2017 - O ministro da Defesa, Raul Jungmann, recebeu hoje (10) em seu gabinete, em Brasília, a presidente do Instituto Palavra Aberta, Patricia Blanco, para discutir os detalhes da parceria entre o Ministério da Defesa (MD) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre o monitoramento de boatos disseminados em redes sociais com potencial de influenciar as eleições.

Durante o encontro, Jungmann destacou que o MD estará subordinado ao TSE: “O nosso papel será de defesa cibernética e não teremos nenhuma influência, ou mesmo sanção, a respeito do conteúdo. Temos todo interesse de que as informações sejam prestadas com total transparência à sociedade”, afirmou o ministro.

Foto: Tereza Sobreira

A diretora do Instituto  disse que ficou muito satisfeita com o resultado da reunião: “O que ficou claro para mim, e eu gostei muito de ouvir do ministro, é que a intenção é evitar que o crime organizado tenha influência no resultado das eleições e não no controle de conteúdo”. 

No mês passado, o presidente do TSE, Gilmar Mendes, disse que a Justiça Eleitoral deve baixar resoluções que disciplinem o tema para o pleito do ano que vem.

O Instituto Palavra Aberta

O instituto é responsável por promover a liberdade de expressão e informação manifestada na liberdade de imprensa, na liberdade de expressão comercial e na livre iniciativa como pilar fundamental de uma sociedade avançada e sustentável.


Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
61 3312-4071

registrado em:
Fim do conteúdo da página