Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está em: Página inicial > Notícias > ONU decide encerrar missão de paz no Haiti em outubro
Início do conteúdo da página

ONU decide encerrar missão de paz no Haiti em outubro

Publicado em Quinta, 13 Abril 2017 17:31 | Última atualização em Quinta, 13 Abril 2017 17:48

Brasília, 13/04/2017 – Após 13 anos atuando em missão de paz no Haiti, as Forças Armadas do Brasil iniciam o planejamento para a saída daquele país situado na costa caribenha. Isso porque o Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU) concordou, nesta quinta-feira (13), pela substituição da MINUSTAH por uma força de caráter policial. Ficou estabelecido que, até o dia 15 de outubro, a missão será concluída.

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, já havia comentado, recentemente, sobre esta possibilidade de decisão da ONU. Hoje, Jungmann explicou que, no próximo mês de maio, o Brasil enviará para o Haiti o 26º contingente com aproximadamente 970 militares. “Com a saída do Haiti, o governo brasileiro analisará outras possibilidades de participação de nossas Forças Armadas em novas missões de paz”, disse o ministro.

Foto: Divulgaçao Brabat

Assim, os denominados capacetes azuis serão substituídos pela Missão das Nações unidas de Apoio à Justiça no Haiti (MINUJUSTH), composta de sete unidades de aproximadamente 980 agentes e 295 oficiais. Essa nova missão deve durar pelo período de dois anos.

A Minustah havia sido implementada em 2004 após a deposição do presidente Jean-Bertrand Aristide, para tentar controlar um ambiente marcado pela violência. Até o encerramento da missão, o Brasil terá enviado cerca de 37,5 mil militares das Forças Armadas. Os dois últimos contingentes em 2017 perfazem 1.940 militares.

 

Assessoria de Comunicação Social
Ministério da Defesa
61 3312-4071


Fim do conteúdo da página